fbpx
Bebês Ecológicos & Consumo consciente
julho 10, 2017
Como economizar água nas lavagens ?
julho 18, 2017
Exibir tudo

Impacto dos tecidos

Impacto dos tecidos

Estes dias me perguntaram à respeito do impacto da produção dos tecidos das fraldas e Ecoabsorventes de dry fit e microsoft, que são de poliéster.

É importante saber que, inevitavelmente, tudo o que é produzido e consumido gera impacto no meio ambiente. O consumo de forma descontrolada prejudica a natureza.

O uso de uma única fralda de pano, evita que 200 fraldas descartáveis sejam despejadas em lixões em 2 anos. Depois de utilizada, a fralda pode ainda ser doada para uma outra criança.

O uso de 10 Ecoabsorvente por 10 anos evita que 3000 absorventes descartáveis sejam despejados em lixões.

O poliéster é um polímero (subproduto do petróleo), 100% reciclável. Suas fibras podem ser reaproveitadas e têm grande durabilidade.

O poliéster é um material que foi feito para durar anos e não para ser descartado.

O microsoft  faz a impermeabilização respirável nos Ecoabsorventes, evitando assim acidentes e  vazamentos. Nas fraldas oferecemos opções em microsoft ou dryfit que são tecidos que evitam infiltrações e encharcamentos. Desta forma facilitando o uso para milhares de mulheres e familias que buscam adotar práticas mais ecológicas, porém precisam de praticidade e funcionalidade.

As fraldas descartáveis, tem como matéria prima crucial o petróleo em seus componentes plásticos. Nas partes absorventes, usa polpa de celulose, retirada das árvores.

No caso dos absorventes, além da confecção, cada item é embalado individualmente com plástico. Tudo isso é usado uma única vez e jogado fora.

A economia que as Fraldas Bebês Ecológicos e Ecoabsorventes geram na produção de lixo, justificam sua utilização, não só pelo descarte, mas também pelo consumo reduzido de matéria prima.

Trabalhamos também há alguns anos com a opção do algodão orgânico no interior das fraldas, ao invés do algodão convencional, que recebe uma grande quantidade agrotóxicos  e demanda grandes extensões de terra para seu cultivo.

Nosso compromisso com a sustentabilidade está fundamentado não só na dimensão ambiental, mas também social e econômica. Por isso, desde o início do projeto, demos prioridade à compra de tecidos produzidos no Brasil, valorizando a produção nacional e uma cadeia produtiva socialmente saudável e ecologicamente comprometida. Nossa produção gera empregos locais, com remuneração justa.

A partir deste princípio, pesquisamos e lançamos em nossas fraldas materiais inovadores, não explorados anteriormente pelo segmento das fraldas.

Nossa produção gera empregos locais, com remuneração justa.

Até o mês de julho de 2017 calculamos que  a Morada da Floresta ajudou a reduzir cerca de 374 mil absorventes e cerca de 5 milhões de fraldas descartáveis que seriam destinados aos lixões e aterros sanitários, através de nossos produtos..

Pegada Ecológica

A Pegada Ecológica mede a quantidade de recursos naturais  para manter nosso estilo de vida.

Ao consumir um ítem que contenha poliéster, como o dry fit ou  o microsoft  estamos sim consumindo um pouco de petróleo. Por outro lado, por exemplo, quando eventualmente optamos pelo uso da bicicleta ao invés do carro, quando optamos por trabalhar de casa, estamos diminuindo nosso consumo.

Quando evitamos o descarte de resíduos para os aterros sanitários, cujo caminhão utiliza combustivel para se locomover, estamos economizando o consumo de petróleo.

Você já pensou em quanta natureza é necessária para manter o seu estilo de vida?

Conclusão:

Para analisar o nosso impacto individual, devemos considerar nosso estilo de vida como um todo.  Nossa alimentação, transporte, roupas, passeios, casa, pois tudo causa algum impacto no meio ambiente.

E é importante avaliar e optar pelas opções que geram menos impacto, além de adotar praticas que favoreçam e retribuam a natureza, como a reciclagem, a compostagem e o plantio.

 

Reciclagem

 

O poliéster pode ser  destinado à produção de estopa, veja aqui como.

Se forem de poliéster servem para a confecção de outros materiais. A dificuldade maior é reunir uma quantidade significativa que possa alimentar uma nova cadeia produtiva.

Por enquanto, é preciso reutilizar na produção de novos produtos.

Há pesquisas agora que descobriram bactérias e fungos que se alimentam de polímeros como o poliéster. Mas ainda não há uso comercial dessas descobertas.

Este artigo foi útil pra você? Eu também gravei um vídeo sobre o assunto está aqui.

Deixe aqui seus comentários

 

Abraços

 

Ana Paula

 

Deixe seu comentário

3 Comentários

  1. Juliana Faber disse:

    Informações sucintas e precisas, genial!!!
    Quando se está realmente focado na sustentabilidade você é ação em todos os detalhes do seu cotidiano, dá o seu melhor para que sua vida gere um impacto positivo no planeta e inspire as pessoas. E quando você está focado nesse propósito você não tem tempo ou espaço para críticas ou desculpas que tirem o foco da sua responsabilidade individual como agente transformador da realidade.
    Sou muito fã do teu trabalho Ana, e me inspiro e me entusiasmo pra continuar nessa jornada de colocar o amor pela vida em movimento.
    Muito grata

    • Morada da Floresta disse:

      Juli, vindo de você este elogio eu me sinto abençoada, pois eu sei o quanto você se dedica na produção de soluções ecológicas, com muita sinceridade e qualidade através dos cosméticos da Plante. Um super abraço! Ana Paula

  2. marisa disse:

    Muito interessante seu site, gostei muito das informações escritas.Vou acompanhar as novidades sempre. Obrigada bjs marisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *